Arquivo

DUAS LEOAS (Marcelo Quintanilha)


Gosto de escrever sobre o amor. O amor pessoal, o universal, o essencial. Nesse momento, escrever sobre um amor como o de Daniela e Malu é isso: essencial. Vai muito além do prazer de cantá-lo. É necessário, é urgente. Tentei ser preciso, nos dois significados. O de acertar na linguagem, na rima, no verso, no detalhe que só a história delas tem; e o de ajudá-las nessa luta incondicional pelo amor e pelo respeito que a precisão do momento impõe. Pra soar como mais um rugido, doce e real, dessas duas leoas.

Pra Daniela e Malu, e pra todo mundo que se ama. Viva o amor!

https://open.spotify.com/track/0PC8ayWn149Blrg6JWL1c7?si=TT1tjnydQaKL_8XMKAF7uA

Postagens Recentes
Principais Postagens
Procurar por Tags