© 2017 MARCELO QUINTANILHA All rights reserved.

Assessoria de Imprensa:

Tambores Comunicação

Tel. 11 3887-7430 / 99966-9320

tamborescom@uol.com.br

Moisés Santana / Beto Previero

Shows:

Conexão Musical

Tel. 11 97189-7425

pettersonmello2@gmail.com

Petterson Mello

Arquivo

ESSA NAÇÃO

December 22, 2018

Marcelo Quintanilha lanca pela DECK, em 1˚de janeiro de 2019, canção que trata da identidade e diversidade do povo brasileiro.

 

 

“Somos povos novos ainda na luta para nos fazermos a nós mesmos como um gênero humano novo que nunca existiu antes. Tarefa muito mais difícil e penosa, mas também muito mais bela e desafiante.

Na verdade das coisas, o que somos é a nova Roma. Uma Roma tardia e tropical. O Brasil é já a maior das nações neolatinas, pela magnitude populacional, e começa a sê‐lo também por sua criatividade artística e cultural.

Precisa agora sê‐lo no domínio da tecnologia da futura civilização, para se fazer uma potência econômica, de progresso auto‐sustentado. Estamos nos construindo na luta para florescer amanhã como uma nova civilização, mestiça e tropical, orgulhosa de si mesma. Mais alegre, porque mais sofrida. Melhor, porque incorpora em si mais humanidades. Mais generosa, porque aberta à convivência com todas as raças e todas as culturas e porque assentada na mais bela e luminosa província da Terra.”

 

Darcy Ribeiro

 

Os parágrafos finais de “O Povo Brasileiro”, de Darcy Ribeiro, traduzem em prosa o que a letra de Marcelo Quintanilha diz em “Essa Nação”, single que será lançado pela Deck, não por acaso, no dia 1˚de janeiro de 2019.

No dia em que toma posse o novo governo do país, o artista pontua mais uma vez seu posicionamento político com uma canção que trata da pluralidade cultural, étcnica, sexual, religiosa e de todas as matizes da nossa gente brasileira.

Um país que é também do negro, do judeu, do gay, do mameluco, do artista, do velho, do hinduísta, do transsexual, da mulher, do índio, do sem-teto, e não só do hetero branco cristão.

Com produção do próprio artista, “Essa Nação” foi gravada apenas em voz, violão (Marcelo Quintanilha) e violoncello (Ionan Daniel).

Arranjo simples, letra forte e discurso contundente e necessário no tempo atual.

 

Please reload

September 1, 2019

January 18, 2019

December 22, 2018

August 17, 2018

April 27, 2018

October 11, 2017

September 7, 2017

Please reload

Postagens Recentes

Baile Tudo!

September 1, 2019

1/4
Please reload

Principais Postagens
Please reload

Procurar por Tags
Please reload